Por que o seu negócio precisa de um site

Depois de receber muitas perguntas sobre “por que o seu negócio precisa de um site” decidi criar um conteúdo exclusivo para falar a respeito.

Muitos negócios decidem migrar para a internet, mas, muitos não sabem qual é a serventia de um site e para que ele será útil ao negócio.

Portanto, se você deseja entender o que o site pode fazer e como ele pode mudar o seu negócio, leia esse conteúdo até o final.

Vamos lá?

O que é um site?

Site é o nome dado para um ambiente que tem diversas páginas, uma ligada a outra. Elas são criadas com o intuito de ajudar as empresas a divulgarem seus conteúdos e produtos, se tornando amplamente conhecidos.

Portanto, um site serve para conseguir:

  • Se comunicar;
  • Divulgar um produto;
  • Vender;
  • Entregar conteúdos de valor.

Por essa razão toda empresa cria um site, pois, é a forma mais simples de todo mundo, ou seja, o mundo inteiro tem acesso a você e aos seus produtos.

Por que o seu negócio precisa de um site?

1 – Conseguir ser encontrado:

O primeiro motivo do porque o seu negócio precisa de um site é, claro, a facilidade de ela ser encontrada por pessoas que podem estar no mundo inteiro. Isso mesmo.

E isso, claro, parece ser algo bem justo né? Afinal de contas, quem não é visto, não é lembrado e quem não é lembrado, não vende produtos. E que não vende… quebra.

Ou seja, a sua empresa pode ser a mais incrível no seu nicho, ter o melhor atendimento e um produto que muda a vida das pessoas, mas, se ninguém encontra ela, como ela pode sobreviver?

Ter um site hoje em dia é a maneira mais simples e básica de ser encontrado na internet.

Mas, claro, ter um site na internet não coloca você como destaque, é preciso um pouco mais do que isso, como otimizá-lo para aparecer nos motores de busca, mas, criá-lo é sim um passo importante.

Portanto, se você deseja ter sucesso no seu negócio, principalmente nessa era de conexão, crie um site.

2 – Posicionar a marca na internet:

O segundo motivo do por que o seu negócio precisa de um site fazendo jus ao que falamos antes, um site é o básico para você a sua marca ser encontrada no mundo virtual.

Um dos pontos mais interessantes é que a sua empresa não precisa ser grande para você vencer os concorrentes grandes, mas, é preciso estar onde todos eles estão.

Quando você investe em estratégias de SEO, a sua empresa consegue tráfego orgânico através do Google e assim, toma a frente dos concorrentes.

Inclusive, ser pequeno e estar na internet se tornou um ponto positivo, pois, o seu atendimento pode ser personalizado, focado no seu cliente.

As grandes empresas, hoje em dia, automatizam tudo, pois, querem atender o máximo de pessoas, no mínimo tempo.

Além disso, ter um site vai te ajudar a abrir portas para aumentar a autoridade da sua marca na internet, tornando-a um domínio forte e reconhecido.

Assim, será muito mais simples conquistar maior visibilidade, o que também leva a autoridade, se tornando um ciclo de sucesso.

3 – Construir credibilidade:

O site também é uma ótima ferramenta para te ajudar a construir credibilidade para a sua marca.

É desta forma que o usuário passa a entender quem são as pessoas que estão por trás do produto, que do lado de trás existem pessoas, processos e assim por diante.

Além disso, quando um site é bem feito ele consegue mostrar seriedade, comprometimento e outros aspectos que fazem as pessoas confiarem em comprar de você.

Esses aspectos deixam o usuário muito mais seguro ao notar que a página é bem cuidada, outros clientes estão falando bem do produto e da empresa como um todo.

Ou seja, uma simples busca na internet, um clique no seu site é capaz de tornar um desconhecido um cliente em potencial da sua marca.

4 – Aumento de vendas:

Ter um site vai te permitir atingir mais pessoas e, mais próximas dessas pessoas, é claro que as suas vendas irão aumentar, se o produto for bom.

Para corroborar com o que estou falando, uma pesquisa desenvolvida pela Adweek descobriu que 81% das pessoas fazem uma busca na internet antes de tomar qualquer decisão de compra.

Portanto, pelo simples fato de não querer criar o seu site, você já está perdendo uma grande fatia de potenciais comprando o seu produto e conhecendo a sua marca.

Ao invés de ficar fazendo ligações, indicações ou uma fachada chamativa para chamar a atenção do cliente, outras pessoas estão aproveitando a oportunidade de vender 24 horas por dia.

Outro fator importante é que 74% dos consumidores brasileiros preferem comprar em sites ao invés de o fazer em lojas físicas.

5 – Se relacionar melhor com sua audiência:

Ao longo dos anos a forma de consumo mudou e passar o dia pesquisando sobre produtos e serviços já se tornou um hábito diário das pessoas.

Isso faz com que a jornada de compra do cliente seja diferente dos modelos anteriores.

Hoje ele quer ver o que as pessoas estão falando do produto, entram em contato com a empresa, voltam a pesquisar, fala com a empresa e somente depois compra.

Para se manter ligado a esse potencial cliente, a sua empresa se relaciona melhor com a sua audiência.

Para isso, a sua empresa pode manter a constância de posts blog ou materiais que irão agregar no dia a dia da empresa.

Responder perguntas e comentários publicados na sua página é importante também, pois mostra que a sua marca está antenada.

Outra possibilidade é gravar treinamentos online para os clientes e disponibilizar detalhando como a marca pode usar o produto.

Tudo isso vai fazer com que o potencial cliente olhe o que você está construindo e comece a pensar que, talvez, a sua empresa seja a melhor escolha de compra.

6 – Diminuir custos e brigar de frente com grandes marcas:

Uma das maiores dificuldades das empresas pequenas frente às grandes é o dinheiro para poder divulgar o produto.

É louco pensar sobre isso, mas, mesmo que o produto não seja tão bom, as empresas que fazem muito marketing tendem a vender mais.

Isso acontece porque ela está onde os potenciais clientes estão.

As justificativas comuns é que eles investem muito em Marketing, estão no rádio e na televisão.

Mas, através da internet a sua empresa tem em mãos o mesmo poder que uma empresa, pois pode também estar onde eles estão sem gastar muito.

Investimentos em tráfego pago (bem menor do que aparecer na televisão) podem atrair novas pessoas para a sua página e fazer vendas.

Além disso, aqui você tem escalabilidade, mostrando a sua empresa para as pessoas que estão perto, mas também para as mais longas, conforme as vendas aumentam.

7 – Presente 24 horas por dia na internet:

Quando você decide criar um site na internet, isso significa que ele estará disponível 24 horas por dia, sete dias da semana.

Pensando em uma loja física, isso é totalmente improvável, principalmente diante dos custos e da localização da sua loja.

Além disso, através do site, a empresa pode inserir um chatbot e oferecer atendimento 24 horas.

Ou seja, mesmo que não tenha ninguém para falar com ele naquele momento, o chatbot irá suprir essa necessidade e caso a situação seja a algum problema, no dia seguinte a empresa entra em contato.

Portanto, em nenhum momento a empresa vai deixar os seus clientes na mão.

8 – Ampla gama de dados:

Por fim, um último motivo do por que o seu negócio precisa de um site e, um dos mais importantes, é ter acesso a dados que te ajude a conhecer melhor o seu cliente em potencial.

Além disso, você consegue descobrir em detalhes o que está acontecendo no seu site, como os clientes reagem ao acessá-lo e se as informações que você está inserindo estão ou não chamando a atenção.

Quando você tem acesso a todas essas informações e sabe o que fazer com ela, é natural que a sua receita de vendas aumente, já que elas se tornam muito úteis na criação de estratégias que funcionam melhor para o seu público.

Assim, a sua empresa vai conseguir direcionar os recursos que tem, mesmo sendo um negócio pequeno, para o lugar certo, escalando o negócio.

Algumas métricas que você precisa levar em consideração e que precisa estar no seu banco de dados, são:

  •       Quantidade de pessoas que visitaram uma página;
  •       Quantas pessoas visitaram mais do que a página principal;
  •       Quais são os canais que levam as pessoas para o seu site;
  •       Taxa de rejeição;
  •       Metas de conversão;
  •       O quanto os potenciais clientes estão engajando;
  •       Quantas pessoas acessam o conteúdo do seu site;
  •       Quais são os dispositivos usados, etc.

Hoje em dia existem muitas ferramentas gratuitas que você pode usar e ajudaram significativamente a aumentar os seus resultados.

Eduardo Torres
Eduardo Torres
Estrategista Digital e Designer Web especializado em Landing Pages, apaixonado por Marketing, Empreendedorismo e Tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2024 – Eduardo Torres | Curitiba Negócios 
Todos os Direitos Reservados.
CNPJ 39.146.323/0001-23

Eduardo Torres | Curitiba Negócios © 2024 –
Todos os Direitos Reservados.
CNPJ 39.146.323/0001-23

Gostaria de desenvolver
um projeto comigo?

Gostaria de
desenvolver um
projeto comigo?

Preencha o formulário abaixo e converse
diretamente comigo no WhatsApp
.

Preencha o formulário abaixo e converse diretamente comigo no WhatsApp. É rápido e fácil!